Artigo

Minha criança come muito. O que fazer?

Minha criança come muito. O que fazer?

23 de outubro de 2018

Minha criança come muito. O que fazer?

Alguns pais reclamam que o filho não se alimenta, enquanto outros se queixam que ele exagera. O fato é que comer em demasia não é bom e isso pode estar ligado a fatores fisiológicos, alimentares ou psicológicos. Por isso, é preciso atenção para saber equilibrar a alimentação de seu filho.

Muitas vezes crianças que querem atenção dos pais ficam pedindo comida. Se achar que não anda passando tempo suficiente com seu filho, procure abrir uma brecha para alguma atividade só de vocês dois, assim você poderá reforçar o quanto ele é importante para você.

Comer com frequência, desde que alimentos nutritivos, não é problema para crianças pequenas. Só as curvas de crescimento controladas pelo pediatra poderão indicar com precisão se seu filho está acima do peso ou não, e se é necessário uma reeducação alimentar em caso de sobrepeso. Porém, os pais ou responsáveis devem se atentar ao hábito de comer demais quando há ligação com algum tipo de transtorno psicológico, pois dessa forma a criança compensa com comida o que está lhe afetando emocionalmente.

Ansiedade ou depressão

Crianças ansiosas precisam extravasar a ansiedade com passeios ou atividades físicas. Oferecer um maior número de refeições por dia, porém em menores quantidades de forma que a o alimento não supere a quantidade de ideal que o corpo precisa também é uma boa opção para crianças que querem comer a todo momento. Porém, quando a criança se isola ou tem crises de choro com frequência sem motivo aparente, e só se consola temporariamente com comida, é preciso procurar ajuda profissional com um psicólogo, pois ela pode estar sofrendo de depressão.

Vício

O consumo de alimentos ricos em açúcar, gordura, sabor artificial e glutamato monossódico, em longo prazo e em quantidades exageradas, pode causar vício, além de gerar compulsão. Prefira sempre alimentos naturais e evite estocar em casa o que não é saudável.

O café da manhã é a principal refeição do dia

O café da manhã é a principal refeição para o nosso corpo. Ele é fundamental para se ter boa energia durante todo o dia e também boa saúde no decorrer da vida. Omitir esta refeição pode aumentar o risco de doenças, como a obesidade, por exemplo, pois reforçar outras refeições não tem o mesmo impacto no organismo.

Estímulos

Quem ensina seu filho a se alimentar? Os estímulos visuais podem ser os principais responsáveis pelos excessos alimentares do seu filho. Se ele passa muito tempo na frente da TV, ou assistindo a vídeos na internet com várias propagandas ou referências que aguçam o desejo dos pequenos por doces e outras porcarias, ele certamente pode ser influenciado pelo que está assistindo.

Aprender a comer bem em horários certos, saber o que será ingerido a fim de saber quais os seus benefícios ou malefícios, são formas de se manter saudável. Independente de qual motivo leva o seu filho a comer em demasia, a educação nutricional, junto com acompanhamento do profissional adequado, sempre será uma aliada nessa situação.

VOLTAR